Terra Brasil FM

Anunciante 05

Economia

Valores a receber: segunda fase de consultas segue sem data para começar

O BC estima que há cerca de R$ 8 bilhões em valores esquecidos.

Valores a receber: segunda fase de consultas segue sem data para começar
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Marcada para começar no último dia 2, a nova fase de consultas do dinheiro 'esquecido' nos bancos – o Sistema de Valores a Receber – ainda segue sem previsão para início, de acordo com o Banco Central (BC).

A retomada do sistema foi adiada por conta da greve de servidores do BC, que atrasou a implementação da ferramenta.

"A greve dos servidores do BC prejudicou o cronograma de desenvolvimento das melhorias do Sistema de Valores a Receber (SVR). O prazo de retorno do SVR, inicialmente previsto para 2 de maio, será adiado. A nova data será comunicada com a devida antecedência", informou o BC em nota na última semana.

O BC estima que há cerca de R$ 8 bilhões em valores esquecidos, mas na primeira fase do serviço ficaram disponíveis cerca de R$ 4 bilhões para devolução.

Os valores a receber podem ser de recursos remanescentes de:

  • contas-correntes ou de poupança encerradas, com saldo disponível;
  • tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o BC;
  • cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito;
  • recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

No dia 16 de abril, o BC encerrou a última "repescagem" para os saques da primeira fase dos recursos esquecidos por brasileiros nos bancos. A repescagem é dos valores da primeira fase do programa. Mais valores serão liberados na segunda fase.

FONTE/CRÉDITOS: G1.

Veja também