Terra Brasil FM

Anunciante 05

Policial

Madrasta de criança que se afogou em máquina de lavar, poderá ser indiciada

A madrasta prestou depoimento na delegacia ainda no sábado e durou aproximadamente uma hora.

Madrasta de criança que se afogou em máquina de lavar, poderá ser indiciada
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil deve indiciar por homicídio culposo quando não tem intenção de matar, a madrasta de Isabelly de 3 anos que morreu afogada dentro de um tanquinho de lavar roupas no sábado (7) dentro de um apartamento no bairro Country, em Cascavel.

De acordo com o delegado, laudos do IML revelaram que não havia lesões, a morte da menina ocorreu por asfixia em virtude da aspiração de água. No entanto isso não afasta a responsabilidade de quem cuidava da criança de 3 anos e sete meses. Por este motivo a companheira do pai que estava no apartamento poderá ser indiciada por homicídio culposo.

O caso é tratado como acidente doméstico. A madrasta prestou depoimento na delegacia ainda no sábado e durou aproximadamente uma hora.

Segundo a Polícia Civil, a menina brincava em cima de um banquinho na frente da máquina modelo tanquinho, a madrasta tinha tirado as roupas poucos minutos antes do acidente. A máquina ainda estava cheia de água quando a menina caiu, alguns brinquedos foram encontrados dentro da máquina. A mulher estava arrumando o guarda-roupas, no quarto.

A criança foi socorrida na calçada em frente ao condomínio, durante uma hora procedimentos tentaram reverter o quadro, mas ela não resistiu e morreu na ambulância.

FONTE/CRÉDITOS: Catve.

Veja também