Rádio Terra Brasil 102,5 FM

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Policial

Contrabandista tenta atropelar policial na Ponte Ayrton Senna; Carro foi apreendido

O condutor abandonou o carro em uma área de mata e fugiu a pé.

Redação 102
Por Redação 102
Contrabandista tenta atropelar policial na Ponte Ayrton Senna; Carro foi apreendido
Foto: Ponto da Notícia
IMPRIMIR
Espaço utilizado para comunicação de erro nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Na manhã de sábado (15), um policial militar evitou um crime de contrabando. A situação aconteceu na BR-163, sobre a próximo à Ponte Ayrton Senna, em Guaíra. 

O caso aconteceu por volta das 8h50, quando o policial, que estava de folga, seguia para casa em seu veículo particular. Ao passar pela base da PRF, próximo à ponte Ayrton Senna, ele avistou um Toyota/Premio com placas do Paraguai e características de veículo carregado com contrabando. 
A matéria continua abaixo.

O carro, que seguia em direção ao Paraná, fez uma manobra de retorno e voltou para o Mato Grosso do Sul. O policial então acionou a PRF.

Próximo ao centro da ponte, o veículo fez novamente o retorno e a PRF foi informada mais uma vez. Ao chegar ao final da ponte, o carro fez o terceiro retorno, dessa vez em direção ao MS. 

Nesse momento, o policial obstruiu a pista com seu veículo e deu voz de parada ao suspeito, que não obedeceu. O condutor acelerou e avançou em direção ao policial, que precisou se desviar para evitar ser atropelado. O policial então efetuou três disparos de arma de fogo nos pneus do veículo, na tentativa de pará-lo.

Os disparos acertaram o pneu traseiro esquerdo, mas o suspeito continuou dirigindo pela ponte, forçando ultrapassagens e colidindo com outros veículos. 

Ao chegar ao fim da ponte, já em território sul-mato-grossense, o condutor abandonou o carro em uma área de mata e fugiu a pé. No interior do veículo, foram encontrados aproximadamente 20.000 maços de cigarros estrangeiros de diversas marcas. 

O carro foi apreendido e levado para a Receita Federal de Guaíra. A ocorrência foi registrada na Polícia Militar.

FONTE/CRÉDITOS: Ponto da Notícia
Redação 102

Publicado por:

Redação 102