Terra Brasil FM

(44) 99996-6651
Anunciante 05

Governo

Auxílio Emergencial: Caixa paga 2ª parcela a mais um grupo; prazo para contestar benefício cancelado termina nesta sexta

Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados no dia 16 de junho.

Auxílio Emergencial: Caixa paga 2ª parcela a mais um grupo; prazo para contestar benefício cancelado termina nesta sexta
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta sexta-feira (28) a segunda parcela do Auxílio Emergencial para mais um grupo de trabalhadores.

Quem recebe desta vez são os beneficiários que fazem parte do programa Bolsa Família com o número do NIS encerrado em 9; e trabalhadores nascidos em novembro e que não fazem parte do Bolsa.

Para o primeiro grupo, os pagamentos serão feitos da mesma forma que o Bolsa. Já para o segundo grupo – inscritos via app e site e público do Cadastro Único – a ajuda paga nesta sexta será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados no dia 16 de junho.

Veja quem recebe nesta sexta:

  • beneficiários do Bolsa Família com NIS final 9
  • trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em novembro

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial, pelo site auxilio.caixa.gov.br ou pelo https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/

Quem recebeu a primeira parcela do auxílio emergencial 2021 em abril mas teve a segunda negada em maio por causa de revisões mensais por parte do governo federal tem até amanhã para contestar o bloqueio.

O prazo é válido apenas para o público geral, e beneficiários do Bolsa Família que recebem o auxílio emergencial podem contestar bloqueios até a próxima terça-feira (1º de junho).

A primeira coisa a se fazer é checar o status do benefício pelo link https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/;

No portal, você precisará preencher seu CPF; nome completo; nome da mãe; e data de nascimento para entrar e, aí, ver se teve o auxílio de maio negado ou aprovado;

Caso o status da parcela apareça como cancelada, você poderá clicar no ícone com a letra "i" para ver a justificativa dada para o bloqueio;

Ainda no site, basta clicar em "contestar", justificando e confirmando o pedido e, com isso, encaminhando-o para avaliação do Dataprev, que decidirá se você poderá voltar a receber o benefício ou não.

FONTE/CRÉDITOS: G1.

Veja também

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )