Terra Brasil FM

(44) 99996-6651
Anunciante 05

Governo

Auxílio emergencial: Caixa antecipa saque em dinheiro da primeira parcela

A Caixa antecipou ainda, em um dia, os pagamentos da primeira parcela de quem faz aniversário em novembro e dezembro.

Auxílio emergencial: Caixa antecipa saque em dinheiro da primeira parcela
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (15) a antecipação do calendário de saques em dinheiro da primeira parcela do auxílio emergencial de 2021.

Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, a intenção era adiantar a modalidade de saque em dinheiro "em duas semanas". A antecipação, no entanto, será menor que essa para a maioria dos beneficiários.

A Caixa antecipou ainda, em um dia, os pagamentos da primeira parcela de quem faz aniversário em novembro e dezembro. Os grupos receberão o crédito em conta nos dias 28 e 29 de abril, respectivamente. Antes, eles receberiam em 29 e 30 de abril.

A mudança não afetou o restante das datas já anunciadas para o crédito das parcelas em conta corrente, nem para o saque dos pagamentos que serão creditados de junho a setembro.

Com a alteração, a liberação dos saques será feita no intervalo entre 30 de abril e 17 de maio, a depender da data de nascimento do beneficiário. No calendário anterior, esse intervalo ia de 4 de maio a 4 de junho.

- Nascidos em janeiro: 30 de abril (era 4 de maio);

- Nascidos em fevereiro: 3 de maio (era 6 de maio);

- Nascidos em março: 4 de maio (era 10 de maio);

- Nascidos em abril: 5 de maio (era 12 de maio);

- Nascidos em maio: 6 de maio (era 14 de maio);

- Nascidos em junho: 7 de maio (era 18 de maio);

- Nascidos em julho: 10 de maio (era 20 de maio);

- Nascidos em agosto: 11 de maio (era 21 de maio);

- Nascidos em setembro: 12 de maio (era 25 de maio);

- Nascidos em outubro: 13 de maio (era 27 de maio);

- Nascidos em novembro: 14 de maio (era 1º de junho);

- Nascidos em dezembro: 17 de maio (era 4 de junho).

O calendário original prevê, ainda, a possibilidade de saques da segunda parcela a partir de 8 de junho, da terceira parcela a partir de 13 de julho e da quarta parcela a partir de 13 de agosto. Essas datas estão mantidas.

Os beneficiários do Bolsa Família que tiveram o Auxílio Emergencial negado tem até dia 1º de maio para contestar a decisão, informou o Ministério da Cidadania. Os pagamentos para este público começam hoje.

Quem estiver nesse grupo a entender que se enquadra nos critérios o Auxílio pode contestar a decisão, pelo https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/ (veja mais abaixo como fazer).

Para os trabalhadores que não fazem parte do Bolsa, o prazo para contestação terminou na segunda-feira (12) – exceto o grupo que teve os resultados divulgados no último sábado (10). Neste caso, o prazo vai até 22 de abril.

Quem receber uma ou mais parcelas da nova rodada do benefício, mas tiver os pagamentos cancelados durante as reavaliações mensais ainda poderá recorrer da decisão. Nem todas as negativas podem ser contestadas: algumas decisões são finais.

FONTE/CRÉDITOS: G1.

Veja também

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )